domingo, 15 de dezembro de 2013

A Astrologia e o Astrólogo



Por ser a mais antiga e mais complexa forma de conhecimento acessível ao homem, à astrologia encerra em seu interior as chaves para a descoberta de tudo o que há para ser conhecido no universo.

É claro que dificilmente se chega a alcançar tamanho grau de compreensão.

Porém, em termos práticos, até mesmo uma pequena parcela desse conhecimento pode funcionar como instrumento potente para a solução de nossos problemas.

A astrologia penetra em profundidade o íntimo da essência humana e remove as falsas camadas superficiais, trazendo à luz a qualidade do seu ser.

Mas o que é então um astrólogo? Será ele um matemático? Um pesquisador?

Um sociólogo? Um conselheiro? Um filósofo? Um analista? Um teólogo? Um professor?

Ele é um pouco de todos eles e, acima de tudo, um filantropo: alguém que se preocupa com o que acontece ao seu semelhante.

E, mais importante ainda, um estudante em contínuo processo de aprendizado.

O astrólogo lida com pessoas de todos os níveis e idades.

Precisa compreender o comportamento e as relações humanas e seus ciclos, os interesses comerciais de seus clientes, suas diferenças religiosas e culturais e a maneira pela qual as miríades de influências ambientais afetam seu destino.

Por todas essas razões, o astrólogo permanece um Mestre-estudante durante toda a sua vida.

Ele estuda as pessoas, suas maneiras e hábitos, seus êxitos e fracassos, e observa suas ações e reações.

Compreende as emoções humanas em seu aspecto mais profundo e é um devotado estudioso da natureza.

Observa a alternância das estações e conscientiza-se de sua atividade cíclica.

Enxerga as folhas em uma árvore e apreende a sua dependência dos galhos dos quais brotam. Percebe que nenhum galho é exatamente igual a outro.

Todavia, não lhe é possível afirmar que qualquer um deles seja melhor ou pior que os outros.

A partir daí, ele percebe a individualidade e a igualdade entre os seres humanos. Se estiver realmente atento, conseguirá entrever essa ligação entre homens e natureza em vários planetas.

Pois o que o homem busca durante toda a sua vida, as árvores conhecem.

As estações sabem. A chuva e a neve também conhecem.

Apenas o homem desconhece.

E a meta, o trabalho e a função do astrólogo consistem em dizer ao homem, em palavras acessíveis que ele é verdadeiramente capaz de alcançar o mesmo estado de harmonia perfeita com as leis naturais que constata sempre que olha ao redor de si.

A astrologia é, pois, um tipo bastante diferente de linguagem, e é o astrólogo quem traduz essa música da natureza para o ouvido humano.

O objetivo deste estudo é harmonizar o homem com a natureza, de modo que ele possa tornar-se firme como as montanhas, suave como a primeira nevada de inverno, melódico como as folhas que farfalham quando tocadas pelo vento e feliz como o sorriso da criança, revelado pela certeza de que a todo instante as bênçãos divinas são derramadas por toda parte e de que, em meio a toda a glória da natureza, o homem é a mais exaltada entre as criaturas.

fonte:
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...