quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Harmonização dos chacras


A técnica original de harmonização saiu do livro “Manual do Curador: Manipulação da Biopsicoenergia”, ditado pelo espírito Irmã Maria Clara e equipe médica espiritual a Geraldo Medeiros Jr. Infelizmente não existem mais edições desse livro pela Editora Butterfly, mas se você tiver interesse poderá encontrá-lo em sebos virtuais como a Estante Virtual (clique aqui).

Para quem não tem familiaridade, recomendo que de início dê uma pesquisada rápida sobre os Chakras. O termo “chakra” vem do sânscrito e significa roda. Na Ayurveda (Ciência da Vida) – sistema médico oficial da Índia com características tão próprias quanto, por exemplo, a Medicina Tradicional Chinesa – os Chakras são centros distribuídos ao longo de regiões do organismo e que se encarregam da recepção do prana (energia vital) e sua distribuição pelo corpo.

Cada um destes centros é como se fosse um funil que suga a energia vital; os principais são em número de 7 e cada um se relaciona a uma cor, dimensão da consciência, glândula, entre várias outras características diferentes. Contudo, ao olhar para o simbolismo e o conhecimento do Chakra, pode-se pensar sobre que tipo de coisas podem estar afetando aquela região do corpo que temos mais sensível: por exemplo garganta, região estomacal, etc.

Você pode fazer uma leitura rápida sobre eles na Wikipédia: clique aqui.

Sempre que eu me sinto desvitalizado ou doente, antes de dormir costumo aplicar essa mentalização. Você pode aplicá-la como meditação em outros momentos e situações. O que ela ajuda é a harmonizar a abertura e o funcionamento de cada um destes centros. E a partir desse ponto peço a inspiração da Irmã Maria Clara e dos mentores queridos para poder relatar de forma correta.

“Inicialmente, num local confortável, respire fundo. Sinta as correntes de ar entrando e saindo dos pulmões, tomando consciência de cada porção do seu corpo da cabeça aos pés. Permita-se entrar num estado de relaxamento, onde você encontrará a si mesmo junto de todo o Poder do Universo.

“Visualize uma luz branca sobre a parte alta de sua cabeça. Sinta-a ali, simplesmente; como se ela estivesse dançando e trazendo paz, saúde, refazimento. Deixe que ali ela fique o tempo suficiente, enquanto você mantém sua respiração tranquila e devagar. Quando sentir que o tempo é suficiente inspire o ar e o prenda nos pulmões por alguns segundos, visualizando esta luz também entrando e parando no interior da região do alto da cabeça. Solte o ar, e agora visualize a luz se transportando para a altura da testa iluminando toda sua região dos olhos, nariz, ouvidos, nuca.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior da cabeça na altura dos olhos; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para a região da garganta, e envolvendo todos os órgãos da fala, a boca, dentes, maxilar.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior da garganta e de toda esta região trabalhada; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para o centro do coração, e toda esta região sendo iluminada, envolvendo os pulmões, coração, ombros, parte de trás do tórax, braços e mãos.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior do peito; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para o centro do plexo solar, sobre a área de estômago e fígado, intestino delgado, região posterior na coluna, harmonizando esta região e a envolvendo.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior do abdome superior; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para a região umbilical, agora iluminando os órgãos da cavidade abdominal e a porção da coluna na parte posterior do corpo, trazendo luz e recuperação para toda essa região.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior da barriga; depois ao soltar o ar, visualize a luz de encaminhando para a base da coluna, iluminando o períneo, e os órgãos sexuais, pernas, glúteos, sacro. Que a luz ilumine, harmonize, refaça toda a energia desta região que é tão importante porque se liga à vida na matéria.

“Para completar todo o ciclo, neste momento retenha o ar e a luz nesta região pélvica e ao expirar, soltar o ar, visualize a luz de movendo pela coluna e voltando ao topo da cabeça. Permaneça alguns segundos sentindo todo seu corpo energético e físico iluminados por essa radiação branca, trazendo-lhe bem estar. Sinta como se esta luz continuasse a se mover ao seu redor, formando uma unidade, um circuito com todos os pontos ligados. Agradeça a Deus por ter permitido esta pequena mentalização.”

Uma das coisas interessantes nessa técnica é que em alguns casos se pode começar a sentir quando a região do Chakra não estava bem. Se você já conhece cada um deles, pode dar ênfase durante a mentalização na sua iluminação. Esta prática é bastante útil.

***

Espero que estas práticas possam ajudá-lo! Um grande abraço com meu maior desejo de luz, com toda gratidão por ter acompanhado estas palavras!

fonte:
Se você quiser ler um estudo completo sobre os chacras, clique aqui
Ajude o blog com sua doação! Clique no botão abaixo para doar qualquer quantia.




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...