segunda-feira, 13 de maio de 2013

Lendas Gregas - Fundação de Atenas


Cécrope (em grego, Κέκρωψ, Kékrōps) foi um rei mítico de Atenas. O nome não é de origem grega, de acordo com Estridão, e pode significar "face com rabo": diz-se que, nascido da própria terra, teve a sua metade superior em forma de homem e metade inferior em serpente ou peixes em forma de cauda. Ele foi o fundador e o primeiro rei de Atenas, embora precedido por Acteu, rei da Ática. Cécrope foi um herói cultural, ensinando aos atenienses o casamento, a leitura, a escrita, e o cerimonial do sepultamento.

Durante seu reinado, Atena se tornou a padroeira da cidade de Atenas, em uma competição com Poseidon, que Cécrope julgou. Eles concordaram que cada um daria aos atenienses um presente, e Cécrope iria escolher o presente que preferiam. Poseidon bateu na rocha da Acrópole com seu tridente e uma fonte emergiu; a água era salgada e não foi julgada muito útil, enquanto que Atena feriu a rocha com a sua lança e uma oliveira emergiu. Cécrope julgou que a oliveira era o presente melhor porque produzia madeira, óleo e comida e, consequentemente, aceitou Atena como   padroeira da cidade. Poseidon, em uma rara demonstração de magnanimidade, decidiu conceder o seu presente desprezado, se bem que a sua natureza  inicialmente mal compreendida, significava representar a força do mar, que Atenas foi gloriosamente exercer no futuro.

A Acrópole era também conhecido como Cecropia em sua honra. 

Cécrope I casou-se com Aglauro, filha de Acteu, com quem teve três filhas: Herse, Pândroso e Aglauro, e um filho, Erisictão. Para elas foi dada uma caixa ou jarro contendo o infante Erictônio, guardado despercebido. Elas olharam e se apavoraram com as duas serpentes que Atena tinha deixado dentro da caixa guardando a criança, eles fugiram da Acrópole com terror, morrendo. Alguns relatos dizem que uma das irmãs foi transformada em pedra.

Os analistas antigos consideram que este rei é diferente de outro rei de Atenas, Cécrope II, mas Isaac Newton, em sua análise da cronologia antiga, considerou que houve apenas um rei Cécrope, um dos pastores do Egito (os hicsos); ele construiu a Cecropia em 1080 a.C. e foi sucedido por Cranau em 1045 a.C.

Erisictão morreu antes de Cécrope, e ele foi sucedido por Cranau, o mais poderoso dos atenienses.


fonte:
http://www.espiritualismo.info/







LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...