quinta-feira, 28 de junho de 2012

Deus mora no seu interior - parte IV


10 . NÃO CRITIQUE OS OUTROS


Como já disse aqui, todos nós somos imperfeitos. Temos nossos erros e acertos na estrada da vida. Quem nunca errou que atire a primeira pedra em alguém. Se somos criaturas em busca de acertos, então não temos motivo para criticar nossos irmãos espirituais que escorregam. Já vi muita gente falar mal da vida alheia mas se esquecer dos próprios desacertos. Cada qual vive conforme suas crenças, ensinamentos, criação e evolução. Não existem duas pessoas no mundo com exato grau de conhecimento e cada qual ocupa seu lugar ao sol.


Lembre-se de que tudo que a mente consciente pensa ela grava no subconsciente. Portanto não perca seu valioso tempo pensando nas imperfeições e erros dos outros, pois aquilo em que você deposita sua atenção, atrairá para si.


Siga sua vida de forma harmoniosa e tranquila, sem se preocupar com a vida alheia. Se alguém lhe fez mal, ore por ele, perdoe e esqueça. Se você sentir vontade de comentar algo sobre alguém, pare antes e pense na Regra de Ouro. Pergunte-se: “Eu gostaria que alguém falasse de mim o que vou falar dessa pessoa?” Se a resposta for positiva, é porque se trata de um pensamento harmonioso e feliz, então você poderá prosseguir, pois sua intenção é de crítica construtiva com o intuito de semear o bem.


O ideal mesmo é seguirmos nossa jornada sem interferir na vida do nosso próximo. Toda vez que sentir surgir um pensamento maldoso não o deixe se transformar em palavras. Reverta-o para uma prece curta: “Fulano é filho de Deus e manifesta seus atributos da Divindade na Terra”. Em seguida esqueça o assunto e vá fazer algo proveitoso em proveito próprio ou de terceira pessoa. Isso é sinal de evolução espiritual.


11. NADA É POR ACASO


Saiba que nada acontece por acaso na sua vida. Tanto as coisas boas como a ruins foram atraídas por você mesmo. Talvez você nem se lembre de ter semeado uma ideia, mas ela está lá, adormecida no subconsciente, somente esperando o momento de vir à tona e florescer.


Da mesma forma, não existe azar ou sorte no caminho de ninguém. Nós é que criamos o nosso futuro, de acordo com a vibração dos nossos pensamentos diários. Se você medita somente em coisas boas e úteis, essas ideias se fixam em seu subconsciente e ele as reproduzirá fielmente.


Um exemplo. Você mentaliza uma vida financeiramente folgada, e todos os dias adormece pensando na sua casa confortável, no seu carro novo, passeios a lugares paradisíacos etc. Um dia sonha com uma sequência de números, joga na loteria e ganha. Não foi a sorte que o ajudou, mas seu subconsciente que encontrou no sorteio do prêmio a forma mais rápida de auxiliá-lo.


Outro exemplo. Você morre de medo de ser assaltado. Teme sobremaneira um ladrão e por isso comprou os mais sofisticados alarmes eletrônicos para se prevenir. Certo dia, é abordado enquanto o portão de casa abre, o bandido entra com você na casa e o obriga a desativar o alarme enquanto o rouba facilmente. Não foi o azar que atraiu o ladrão, mas sua própria mente subconsciente. Ela não raciocina racionalmente e entendeu nesse caso que você deseja muito ser assalto, motivo pelo qual sintonizou-se com a mente de baixa vibração do bandido e o atraiu para você.


Eu aconselho a você que pare e reveja seus pensamentos diários. Será que sua mente consciente está distribuindo por aí mensagens boas? Mude seu padrão mental e mudará o próprio destino.


12 . SUA PRECE JÁ FOI ATENDIDA


Existe um ditado muito antigo que diz assim: “Cuidado com o que pede em suas orações, pois você poderá ser atendido”. Orações são formas de pensamento. De nada adianta escrever palavras elevadas num papel e lê-las com o pensamento noutro lugar. Para orar é preciso estar em silêncio interior e com a mente serena. Então volte-se para a Presença Infinita no seu íntimo e pense nas maravilhas que lhe acontecem diariamente, pense nas coisas boas e construtivas que deseja realizar na vida e acredite no resultado.


Quando você estiver em oração, acredite que aquilo que pediu já lhe pertence. Dramatize a emoção de receber a satisfação do desejo. Um exemplo. Você deseja se mudar para uma casa confortável e bem localizada, então imagina como seria maravilhoso entrar na sua nova habitação e distribuir seus móveis pelos espaços de sobra. Agindo assim você estará fazendo bom uso da lei da transformação inversa.


Quando orar, saiba que não se deve impor um tempo para que sua prece se realize. Depois que o pensamento é depositado no subconsciente, ele sabe o momento exato de satisfazer seu desejo. Se você, por exemplo, quer comprar um iate de milhões, provavelmente levará mais tempo para a satisfação da prece do que se desejar apenas quitar suas contas no final do mês. Mas isso são apenas suposições, pois ninguém pode prever o que fará o subconsciente. Você poderá, por exemplo, ganhar na loteria ou comprar as ações corretas na bolsa de valores.


Não importa. Apenas deixe que o subconsciente aja normalmente, sem lhe impor entraves através da sua mente consciente. Depois que você mentalizou algo, relaxe e deixe que sua mente mais profunda cuide do assunto. Sua parte já foi feita e você agora sabe que será atendido.


13 . APEGO MATERIAL


Não adianta se apegar a coisa alguma, pois tudo acabará um dia. A única certeza que você pode ter é que Deus é o mesmo ontem, hoje e sempre. Ele não teve início e portanto não terá fim. Você, por ser uma parte do Criador, também é imortal e continuará sua jornada espiritual mesmo após deixar este corpo tridimensional que no momento ocupa.


Tudo que materialmente você possui, na verdade são objetos que lhe foram emprestados pela Providência Divina, para que você os use com sabedoria e consciência. Você pode reunir quanto dinheiro quiser, comprar as coisas mais caras e raras, porém ao morrer estará despojado de tudo. Você só levará daqui o resultado do uso que fez das leis da mente. Nada mais.


Nada neste mundo dura para sempre. O universo todo é um organismo em constante evolução, onde mundos se chocam para originar outros mundos, galáxias são criadas e sóis brilham ou se apagam a todo instante. E tudo isso obedece a um rigoroso cálculo divino.


Se as coisas são assim tão mutáveis, então por qual razão vocês se apegaria tanto às coisas materiais? Não há motivo para isso, naturalmente. Então deixe que os bens que lhe foram legados flua por sua vida naturalmente e use-os para ajudar a si próprio e também para socorrer quem de você precisar. Não entesoure seu dinheiro, pois uma brusca desvalorização do câmbio poderá tirar-lhe o valor. Dinheiro é apenas papel ou metal, mas sua verdadeira fortuna está no cofre de Deus, onde o ladrão não rouba e a traça não corrói. Use as circunstâncias que o cercam para aproveitar a vida e também servir aos outros. Não perca tempo com matéria, ela é perecível e modificável como a realidade que agora nos cerca. Faça sua presença na Terra ter valido a pena e contribua para a melhora da humanidade.

Reproduzido do E-Book "DEUS MORA NO SEU INTERIOR", autoria de ADRIANO CESAR CURADO, conforme registro ISBP 85-876992-24-7 -- CDD: 975.0(817.3)-31
CURADO, Adriano César, 1968 - Brasil, Goiás, Goiânia : Edição de Livro Eletrônico, 2009. 1 . Sugestão (Psicologia). 2. Subconsciente. 3. Auto-ajuda
Copyright © by Adriano César Curado
Contato com o Autor: czarcurado@hotmail.com

FONTE:







LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...